O Projeto

Um Projeto de Sucesso

Desde a sua criação, Palmas do Arvoredo já apresenta a marca da qualidade: o arquiteto e urbanista gaúcho Sergio Sclovsky é o autor da primeira fase do empreendimento, adotando a política de sustentabilidade em todos os níveis da implantação do projeto. São grandes áreas, cortadas por ruas e avenidas espaçosas, preservando espaços de Mata Atlântica intacta e apostando sempre na harmonia entre o homem e a natureza exuberante da Praia de Palmas, em plena Costa Esmeralda de Santa Catarina.

A existência de uma E.T.E. (Estação de Tratamento de Efluentes) própria, com ampla capacidade operacional dá aos moradores e investidores de Palmas do Arvoredo uma garantia a mais de que o projeto tem vida longa, ainda mais quando se tem a proximidade de grandes centros via BR 101, com 2 acessos para o Vale do Itajaí e a Grande Florianópolis. Em Palmas do Arvoredo, os 800 mil metros quadrados de área do empreendimento foram projetados para que a vida seja integrada com a natureza, numa garantia de retorno para o investimento.

Infraestrutura

Palmas do Arvoredo está localizado no município de Governador Celso Ramos, especificamente na praia de Palmas, região das áreas verdes mais preservadas do litoral catarinense. Situado no centro da faixa litorânea do estado, o município é uma das poucas áreas grandes e planas que ainda tem potencial para crescer e ser ocupado. A possibilidade de expansão e a preocupação com a sustentabilidade ambiental nortearam a implantação de Palmas do Arvoredo, reconhecidamente um dos mais elaborados loteamentos do litoral de Santa Catarina. A ocupação habitacional planejada, diversificada e inteligente contrasta com a monotonia de lotes homogêneos e retangulares encontrados em outros empreendimentos. Em Palmas do Arvoredo, as áreas residenciais representam a maior parte da extensão do loteamento. Apenas alguns setores, devidamente delimitados, são destinados para uso comercial e outros serviços complementares. Para crescer preservando as riquezas naturais e promovendo o bem-estar de seus moradores, Palmas do Arvoredo norteou-se por uma ocupação com baixa densidade de habitantes. Isso é um diferencial do empreendimento.
A preocupação com a mobilidade também passa por Palmas do Arvoredo. Seu plano de urbanização inclui vias principais e secundárias, que otimizam o fluxo de veículos dentro do loteamento. O empreendimento tem a totalidade das suas vias asfaltadas e conta com passeios pavimentados exclusivos para pedestres, ladeados por áreas gramadas e jardins. O traçado é servido por três vias principais arborizadas e amplas, onde se localizam as maiores áreas de estacionamento. São elas: Alameda das Laranjeiras, Alameda das Videiras e Avenida Irineu Bornhausen, que garantem ótima mobilidade dentro do loteamento.
Palmas do Arvoredo conta com uma área plana, que torna possível a prática de caminhadas com conforto e segurança, assim como o uso de bicicletas. Pelas alamedas, é fácil deslocar-se tanto de carro quanto a pé. O veranista pode utilizar uma das 24 passagens de pedestres seguras e sombreadas, que encurtam as distâncias até o mar e facilitam o acesso pelas quadras do loteamento. As três passarelas elevadas de pinus autoclavado, que preservam toda a vegetação praieira, levam o veranista até a praia de Palmas e suas areias brancas.
Para garantir a mínima interferência no meio ambiente e a saúde de moradores e visitantes, o empreendimento tem uma eficaz rede coletora geral e uma Estação de Tratamento de Efluentes própria, que garante o retorno das águas de acordo com as normas técnicas. A Estação de Tratamento de Efluentes (ETE) de Palmas do Arvoredo, em funcionamento desde 1996, recebe os resíduos de todas as casas e prédios construídos no loteamento e funciona de acordo com os parâmetros técnicos estabelecidos pela Fundação de Meio Ambiente (Fatma). A estação própria opera através de um sistema que armazena resíduos em um tanque. O tratamento começa quando o tanque é cheio. Primeiro o material é aerado, depois passa pela decantação e desinfecção. Estima-se que, em Santa Catarina, apenas 10% da população urbana seja servida por sistemas adequados de coleta e tratamento de esgoto. Em Palmas do Arvoredo, todas as construções sediadas no loteamento contam com o tratamento da ETE. O sistema de coleta e tratamento de esgoto devolve as águas ao rio de acordo com a norma.
Com localização central estratégica no loteamento, o PALMAS DO ARVOREDO PRAIA CLUBE tem uma sede social aberta o ano todo. O Clube ocupa uma área de 12.395 metros quadrados, com 600 metros quadrados de área construída em sua sede social. Lá, os moradores podem usufruir de serviço de bar e restaurante, com almoço, jantar e happy hour e ainda desfrutar de estrutura para realização de eventos. O Clube prioriza atividades esportivas e de lazer que incluem tênis, vôlei e futevôlei, futebol, jogos de mesa e de salão, cancha de bocha, playground, sala de TV e reuniões, piscina e churrasqueiras.
Para oferecer opções de lazer durante toda a temporada, Palmas do Arvoredo conta com academia de ginástica, lanchonete e lojas, com amplo estacionamento. Novas lojas e estabelecimentos de comércio e serviços estão previstos. Estes empreendimentos serão construídos em terrenos previamente destinados à área comercial, acompanhando o crescimento e a demanda de novos moradores.
O acesso à praia de Palmas, que sempre foi uma atração à parte pelo visual deslumbrante, agora também se tornou mais seguro e rápido, com a pavimentação da via. Entrando no Km 180 da BR-101, percorre-se 18 km até a praia de Palmas em uma estrada asfaltada, arborizada e com grandes trechos rurais. A rota inclui a passagem pelas localidades de Canto dos Ganchos, Calheiros e Ganchos do Meio. Seguindo pelas delineadas curvas da estrada, é possível observar o litoral recortado da região, com toda sua beleza representada na baía de Tijucas e nas praias de Zimbros e Canto Grande. As paisagens remetem a lugares paradisíacos como a Costa Amalfitana, na Itália. O caminho já anuncia a proposta de Palmas do Arvoredo: comodidade, paz e harmonia aliadas à preservação do meio ambiente e da cultura local.